EAD, mercado que surpreende

12 fevereiro 20190 Comentários

Sabe aqueles cursos por correspondência antigos, que talvez sua avó já tenha feito?

Pois é!

Podemos dizer que esse formato foi como o pioneiro do EAD no Brasil.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, fez uma pesquisa onde sugere que até mesmo antes de 1900 no Rio de Janeiro, já era possível ver propagandas de cursos profissionalizantes por correspondência. 

                                                                   (Propaganda de um curso na década de 1940)

Ganhando popularidade nas rádios, foi também aumentando seu alcance nos anos 40. Nos anos 80, trouxe uma movimentação intensa na área.

Ao passar dos anos, com todos os avanços, hoje o EAD continua em franca expansão no Brasil, sendo extremamente vasta as possibilidades de nichos para se investir.

De acordo com o Censo da Educação Superior, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Educação a distância cresceu 17,6% em 2017; maior salto desde 2008.

Estima-se um crescimento notável para as os resultados das pesquisas em 2018.

Então, temos dados que mostram que é um mercado que realmente ganhou espaço e cresce exponencialmente a cada ano.

Nos cursos de EAD, mesmo o público sendo bastante diverso, a realidade no geral, é que são pessoas que buscam se capacitar de alguma forma, buscam de um jeito mais personalizado, o que de fato desejam aprender.

Isso, de maneira mais econômica, flexível e cômoda.

Existem alguns fatores que influenciaram diretamente nesse crescimento, que foi a diminuição da desconfiança.

Antes, era fortemente defendido que cursos a distância não tem a mesma qualidade, ou que seus diplomas e certificados tem menos importância.

Só que isso é um grande equívoco, e hoje já não se fala mais nisso, pelo contrário, tem-se grandes nomes no meio e extensos fatos que afirmam sua posição de qualidade no mercado.

O fator “economia”, ainda mais aqui no Brasil, é um grande diferencial.

Se puser na balança, uma mensalidade de um curso a distância pode ser até 60% mais econômica que o mesmo curso presencial.

Afinal, todos os gastos feitos tem de entrar na conta.
Seja ele financeiro ou físico…
Se for pegar transporte, gastar gasolina, comer na rua. Pegar horas de trânsito, ou algum outro acontecimento, como uma tempestade, nada disso entra na lista do EAD.


E o fator tempo?


O EAD te possibilita flexibilidade. Poder fazer seus próprios horários, na comodidade da sua casa, enquanto aproveita uma pausa do trabalho. Isso agrega muito ao funcionamento e produtividade do dia-a-dia.

E essas 2 listas acima, aplicam-se tanto ao aluno, como ao infoprodutor.

E falando nisso…

Mercado EAD, esse tão vasto e vantajoso universo empreendedor.

Falamos sobre quem busca os cursos, que são parte expressiva nesses números do CENSO sobre o Mercado EAD, mas parte deles se deve ao INFOPRODUTOR.

Juntamente com o crescimento de adeptos do EAD, vem a grande quantidade de cursos disponíveis, e encontra-se mais e mais nichos para investir e lançar novos infoprodutos.

Sim, uma grande oportunidade para o pequeno produtor de conteúdo, educadores, quem já tenha familiaridade com o meio.

E claro que não apenas para eles!

Quem tem bastante conhecimento sobre um assunto,  deseja investir nesse mercado tão lucrativo, é só buscar o caminho, informe-se.

Pode ser qualquer área.
Busque se atualizar e se informar sobre o nicho que deseja, e prepare-se para começar a preparar seu curso.

Você infoprodutor, que deseja empreender no mercado da educação a distância, tem razora mde sobra para trilhar seu caminho com orgulho.

Veja, ao mesmo tempo, você alcança o seu objetivo em ser bem sucedido, e vai auxiliando pessoas a alcançarem os delas!

Hoje, o mercado EAD, aponta dados que definem bem para quem deseja embarcar nele, que é um momento excelente para isso.

Sendo ele, um mercado tão diverso, existem diferentes maneiras de se tornar profissional da área.

Quem já é do ramo dos educadores, tem mais facilidade em empreender com EAD, mas não quer dizer que seja algo assim, tão simples.

Estar acostumado a aulas  presenciais, não quer dizer estar totalmente pronto para produzir seu conteúdo online.

O processo é diferente na educação online, e é preciso manter isso em mente durante todo o processo.

A objetividade é um forte fator que diferencia um do outro.
Você precisa se atualizar, e na hora de gravar.

Sempre ter seus conteúdos bem estruturados, objetivos, focados e direto ao assunto que estiver abordando.

O tempo de aula também muda.

Com o ideal de aulas de 30 a 20 min, ou menos, com divisões por temas, vai na contramão da presencial, que em média, são 50 min.

Enfim, são só alguns detalhes que mostram a diferença da vídeo-aula para a aula presencial, para quem já é do ramo.

Mas se o caso e outro, e você esteja começando agora, ainda buscando trabalhar usando alguma expertise sua, dando seus primeiros passos… 

O Foco é o mesmo, no geral.

Se atualizar, conhecer seu público, produzir um conteúdo que traga algo que agregue ao seu nicho.

Tenha um diferencial.

Como um mercado vasto, a concorrência não poderia ser diferente.

A hora de empreender e lançar aquele curso que você tanto planeja, é agora, o mercado está mais quente que nunca.

Prepare-se para o sucesso e boas aulas!

Artigos Relacionados

Comentários

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAESTRUS SOLUÇÕES DIGITAIS LTDA

CNPJ: 26.510.854/0001-01

Contato