Como transformar um curso presencial em um curso online

01 outubro 20180 Comentários

Você alguma vez já fez um curso online? Eu já! Mais de 1, na verdade. Aliás, os 4 ou 5 cursos que já fiz online eram oferecidos na mesma plataforma e pela mesma instituição.

Apesar disso, desses 4 ou 5 cursos, eu gostei mesmo apenas de 1 curso específico e, sim, eu terminei todos eles, porém não recomendaria nem metade destes cursos para meus amigos.

Você deve estar pensando que eu sou muito difícil de agradar ou sou muito exigente, o que tem um certo fundo de verdade.

Mas qual cliente não é assim, ainda mais quando o que está em jogo é o tempo dele?!

E é exatamente isso que você tem que ter em mente quando vai transformar o seu curso presencial em um curso online.

O aluno que quer fazer um curso online ao invés de um curso presencial, além de ter várias necessidades diferentes de um aluno presencial, ele tende a ser mais exigente, principalmente por não ter tanto tempo livre para se dedicar aos estudos.

Meu curso é para quem ?

Já te dei a dica de que o aluno de um curso EAD não tem muito tempo disponível, baseado nisso, vamos pensar quem é o seu aluno.

Que tipo de trabalho ele tem? Qual mais ou menos a idade dele? Você sabe o nível educacional dele?

Se você não consegue responder essas questões com facilidade, você provavelmente não tem ideia de quem poderia comprar o seu curso e isso é um problema!

Então tente responder sinceramente… Qual o principal problema o seu curso se propõe a resolver na vida do aluno?

Se você consegue responder isso, a partir daí você vai conseguir responder quem seria o seu aluno ideal.

“Tá, mas o que isso tem a ver para transformar meu curso em um curso online?! “…

você deve estar se perguntando. A resposta mais simples é porque você tem que ter uma noção de quem é o seu público, já que diferente de um curso presencial, você não irá conhecê-lo pessoalmente.

Seu curso não pode ser chato, essa é a regra!

Você descobriu quem é o seu aluno em potencial para um curso online, então agora você tem uma ideia qual o tipo de conteúdo ele consome, quais são os gostos dele, como ele se relaciona com o mundo.

Okay, parece algo muito profundo não é mesmo?! Mas na real ter esse tipo de informação te ajuda a planejar o seu conteúdo e fazer com que ele não seja CHATO para o seu aluno.

Esses dias ouvi em uma palestra que no conteúdo online você sempre deve pensar que na aba ao lado está aquele youtuber famoso, que é muito mais interessante que você.

E em cursos online isso não é diferente.

Você estará sempre competindo com as redes sociais, com textos sobre a vida e o universo do seu aluno e com o inimigo número 1 do conteúdo digital… o YOUTUBE!

Pense num conteúdo que seja variado, cativante e, principalmente, que prenda a atenção do seu aluno pelo máximo de tempo possível.

Diferente da sala de aula tradicional, no curso EAD você tem menos chances de realmente trazer o aluno para o seu lado, aqui a primeira impressão é a que faz o seu aluno ficar com você.

O poder da experiência (não seja mais do mesmo)

As novas gerações buscam acima de tudo a experiência com o seu produto/serviço e em 2018 absolutamente tudo é a respeito disso.

Só pensar no seu banco ou quando você compra um sapato online, o que vai te marcar quando interagir com essas empresas, será a forma que irão te tratar e como você irá se sentir a respeito delas, ou seja, A EXPERIÊNCIA.

E como proporcionar uma experiência incrível para o aluno que está fazendo o seu curso?!

Voltando um pouquinho no texto, lembre do Youtube… youtubers sabem fazer isso muito bem!

Separa um tempinho do seu dia e vai pro Youtube apenas para pesquisar, coloca na busca uma palavra ou um termo de busca, algo que tenha curiosidade em saber.

Tenho certeza que você vai se perder por lá e vai até esquecer de voltar aqui para terminar o texto. E é exatamente essa a experiência que você quer proporcionar ao seu aluno.

Crie uma comunidade para os seus alunos

Diferente do curso presencial, o seu aluno virtual não terá o mesmo nível e constância de interação tanto uns com os outros quanto com o professor do curso.

Lembra que contei dos cursos online que já fiz? O curso que mais gostei foi um que, além do grupo do facebook que já é padrão da plataforma, a professora disponibilizou as redes pessoais dela para os alunos.

O resultado disso é que, após concluir o meu curso, pude dar um feedback sincero sobre o que achei do curso, diretamente para a professora e também tirar alguma dúvida que me surgiu durante o curso.

Pensando que todos os cursos online que fiz foram na mesma plataforma e com a mesma estrutura, o que diferenciou esse curso dos outros, foi principalmente a postura da professora, indo além da estrutura que ela possuía para o curso. Ela pensou e agiu fora da caixa.

Outra forma legal de fazer isso é usar aulas ao vivo ou LIVES  para se comunicar com os seus alunos.

Seja para tirar dúvidas, comentar questões de uma prova ou fazer um resumão do conteúdo, uma aula ao vivo vai te ajudar a criar uma verdadeira conexão e interatividade com os seus alunos.

E apesar de a maioria das plataformas não terem essa ferramenta de forma nativa, no próprio Youtube é possível fazer isso, é bem simples.

Mais algumas dicas práticas:

  • Faça vídeos curtos de cada assunto, o ideal é entre 10 e 15 minutos, no máximo 20 minutinhos de vídeo-aula.
  • Diversifique o seu conteúdo com textos, imagens, vídeos, quizzes e por aí vai.
  • Se o seu curso não tem AQUELE acompanhamento com tutor e/ou professor e é mais self-service, deixe que o aluno decida quando, onde e em quanto tempo ele quer fazer o seu curso. Não seja limitante!
  • Interaja com o seu aluno sempre e de formas diferentes, você pode fazer isso com um chat para tirar dúvidas, grupos no whatsapp ou facebook.
  • Aprenda com os youtubers, crie conteúdos interativos, criativos e cativantes.
  • Seu aluno precisa sentir que faz parte de uma comunidade para que ele fique engajado com o seu curso.
  • Tenha um preço justo e atrativo, seu aluno também precisa economizar dinheiro não apenas tempo!

Artigos Relacionados

EAD, mercado que surpreende

EAD, mercado que surpreende

Sabe aqueles cursos por correspondência antigos, que talvez sua avó já tenha feito?Pois é! Podemos dizer que esse formato foi como o pioneiro do EAD no Brasil. O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, fez uma pesquisa onde sugere que até mesmo antes de 1900 no Rio...

Melhor webcam para educadores

Melhor webcam para educadores

Uma boa webcam? A maioria dos notebooks não se preocupa tanto com isso quanto deveria. Por isso venho trazer três ótimos modelos de webcam para usar, todos eles da LOGITECH. C270  - BARATA E PODEROSA! A maioria das pessoas assiste vídeos em HD, portanto ela cabe...

Comentários

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAESTRUS SOLUÇÕES DIGITAIS LTDA

CNPJ: 26.510.854/0001-01

Contato